Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Coisas Digitais

Coisas Digitais

20
Fev16

Hospital vítima de ransomware paga resgate para ter dados de volta

admin
ransomwareApós terem sido infectados com ransomware durante cerca de uma semana, o Hospital  Hollywood Presbyterian Medical Center decidiu propor um acordo com os raptores dos seus dados, que os deixaram inutilizados, encriptados nos computadores da empresa. Apesar de tudo, a equipe negociadora, conseguiu um desconto substancial baixando assim o valor inicial solicitado pelos malfeitores.Este Hospital foi infectado com um software malicioso designado de ransomware, que após ser descarregado na rede, basta um utilizador clicar no ficheiro, que infectando todo o sistema e encriptando os seus dados, de modo a que não possam ser utilizados pelos seus donos.Os criminosos responsáveis ​​pela infecção, exigiram inicialmente 9000 Bitcoins, para colocarem o sistema informático do Hospital a funcionar normalmente, esta quantia que equivale à taxa de cambio actual a cerca de 3,6 milhões de dólares, colocou os administradores nervosos, uma vez que não existiam garantias de que tudo voltaria ao normal após pagamento do resgate.O CEO Allen Stefanek divulgou um comunicado informando que "a maneira mais rápida e eficiente para restaurar nossos sistemas e funções administrativas foi para pagar o resgate e obter a chave de descodificação."O valor negociado de 40 Bitcoins (17.000 dólares), fizeram com que o Conselho de Administração do Hospital  visse o risco do pagamento do resgate como aceitável. No  respeito ao ransomware nunca há qualquer prova real de que os criminosos entreguem os arquivos descriptografados e limpos de malware. Este sistema de extorsão cada vez mais sofisticado chega ao ponto de alguns tipos de ransomware permitirem recuperar apenas alguns ficheiros como demonstração de boa-fé, assim como, provar que as funções de restauração de dados existem e funcionam.Nesta situação particular as coisas parecem ter corrido bem para o Hospital Hollywood Presbyterian Medical Center que ficou com a sua rede a funcionar novamente. Este incidente serve para alertar que todo o cuidado é pouco, e que os cibercriminosos estão a ficar mais audazes e sem escrúpulos ao ponto de atacarem serviços de saúde com dados que podem fazer a diferença quando se fala em salvar vidas. 
17
Out14

Como pode o Facebook proteger-nos dos Hackers?

admin
perfis-falsos-no-facebookSegundo um anúncio do Facebook a sua equipe de segurança tem estado atenta aos anúncios de quebras de segurança de outras entidades. Após roubarem os sites, os hackers aproveitam-se do facto de muitas pessoas usarem as mesmas palavras passe e nomes de utilizador ou emails, para se registarem em vários sites e serviços. Este simples acto pode ter várias consequências dependendo do tipo de serviço subscrito, visto estas informações depois serem expostas e partilhadas em sites especificos da net.O Facebook ao detectar nestes sites de partilha, mails e passwords associadas ao facebook, este como parte da sua segurança corre um programa e verifica se há correspondência dos dados roubados com os dados presentes nos seus servidores.O Facebook salienta que este é um processo automático e anónimo, não dependente de mão humana e que respeita a privacidade dos utilizadores. Quando são detectados roubos o utilizador é avisado e convidado a alterar a password.O Facebook no seguimento do combate ao cibercrime, sugere que os utilizadores activem a dupla autenticação ou autenticação por dois factores, se registem nos sites com as credenciais do facebook quando disponível, visto que assim não tem de se lembrar de várias senhas. Assim não corre o risco de se esquecer de alguma senha, ficando impossibilitado de aceder a serviços.Por aqui recomendamos que se tiver várias passwords e sites, deve usar um gestor de passwords como o Lastpass ou o 1password. Existem outras opções como podem ver em vários comparativos, mas deixamos ao vosso critério a decisão. Não se esqueçam que há browsers que oferecem este serviço, mas que em questões de segurança deixam sempre a desejar. Um bom serviço é o gestor de passwords presente nos Macs.
11
Out14

Existem no mundo cerca de 100 "padrinhos" cibercriminosos

admin
cibercrimeSegundo a Europol existem cerca de 100 “Chefes” cibercriminosos no mundo. A mesma fonte afirma, que infelizmente este número tem tendência a aumentar.Este grupo de programadores brilhantes, torna este tipo de crime muito difícil de combater. Produzem malware com muita rapidez e não respeitam fronteiras uma vez que podem programar de qualquer ponto do planeta.Grande parte desta máfia localiza-se em países de língua russa, pelo que têm sido discutidos casos com as autoridades de russas, de modo a serem efectuadas prisões.O responsável da área do cibercrime da Europol Troels Oerting explica que ser cibercriminoso é fácil. Existem gangs que criam e testam malware, este malware é vendido às máfias e estas só efectuam o seu download e infectam a internet em busca de presas e lucro.Com o avanço tecnológico a internet assiste a um aumento de utilizadores, que se agrava com a recente chegada da “internet of things”. A quantidade de informação disponível juntamente com o roubo de informações torna  o roubo cibernético fácil, se não forem tomadas precauções.Para Oerting a privacidade e anonimato são coisas que não devem ser confundidas. Toda a gente tem direito à privacidade mas não pode ou deve ser anónima na internet. O aumento da encriptação não é aceitável. Refere que a polícia deveria usar backdoors para apanhar cibercriminosos tal como faz na vida real ao abrir a bagageira de um carro de um suspeito de ter armas ou drogas.

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D